19 de ago de 2013

Assista em Full HD ao primeiro "teaser" do filme "Instintos de Volúpia"

Nesta segunda-feira, 19 de agosto, a Estelar Filmes e a Prodartcom Produções disponibilizaram na internet, em Full HD, o primeiro "teaser" do curta-metragem "INSTINTOS DE VOLÚPIA". Assista abaixo:



Idealizado, produzido, roteirizado e dirigido pelo jornalista e ativista social LGBT brasileiro, Terry Marcos Dourado, "Instintos de Volúpia" é um filme que nasceu com a missão dupla e extremamente complexa de quebrar tabus, amenizar preconceitos e fazer o público espectador refletir sobre a importância fundamental de praticar relações sexuais de forma segura evitando, assim, contaminar o corpo (e até mesmo outras pessoas) com diversos tipos de vírus causadores de diversas doenças sexualmente transmissíveis, popularmente conhecidas por DST; principalmente a, ainda mortal, Aids (Sida, em inglês) - a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, hoje com seu agente causador e propagador - o vírus HIV - infectando e, em certos casos, acabando precocemente com a vida de adolescentes e jovens gays, mulheres heterossexuais casadas, e até mesmo pessoas idosas - homossexuais ou não.

Além de ilustrar com cenas realistas diversos tipos de "caçadas sexuais" entre homens - algumas situações baseadas no guia "Gay vivo não dorme com o inimigo", produzido pelo Grupo Gay da Bahia (GGB) -, o filme promete prender a atenção do público com muito erotismo e sensualidade, cenas artisticamente ousadas, um elenco sedutor e "interessante" e cenas exclusivas e reais dos chamados "testes rápidos" para diagnóstico do HIV-Aids. "Temos cenas reais de testes rápidos, tanto com resultados positivos, quanto resultados negativos. Mas o resultado que usaremos ao final do filme, o público somente ficará sabendo quando o nosso curta-metragem começar a ser exibido em circuito nacional e, posteriormente, internacional" - comentou o diretor e roteirista Terry Marcos Dourado.

"Instintos de Volúpia" também quer ser marcado por sua forte e total merchandising social. Para que isso ocorra, a organização não-governamental (ONG) "Associação por Cidadania e Direitos Humanos LGBT na Região dos Grandes Rios do Brasil Central (ACDHRios), entidade fundada e, no momento, presidida por Terry Marcos Dourado, é coprodutora deste curta-metragem que promete mexer com a opinião pública e, no mínimo, fazer com que o espectador reflita sobre suas próprias atitudes e se há riscos na busca pela satisfação de um prazer, ou se há prazer em submeter-se a riscos nas caçadas que objetivam saciar nossa fome de prazer. [Estelar Filmes - estelarfilmes@yahoo.com.br]

Visitas