14 de mar de 2014

Primeiro trabalho audiovisual realista do diretor de "Instintos de Volúpia" foi destaque em vários países

O realismo absoluto que marcou a primeira produção audiovisual - ainda em caráter experimental - do roteirista, produtor e diretor do curta-metragem "Instintos de Volúpia", Terry Marcos Dourado, publicada em novembro de 2011, foi destaque em sites de diversos países em todos os continentes.

(*) Confira abaixo uma das publicações internacionais que destacou o vídeo produzido por Terry Marcos Dourado:

============================
Brésil: Une campagne pour la pénalisation de l’homophobie
Brésil: Une campagne pour la pénalisation de l’homophobie

Des images choc, c’est le choix qu’a fait l’Associação por Cidadania e Direitos Humanos LGBT de Rio Verde(Association pour la citoyenneté et les droits humains des LGBT de Rio Verde, ACDHRio) pour sa première campagne vidéo. L’objectif? sensibiliser le grand public à l’urgence qu’il y a à criminaliser l’homophobie.
En 2010, 260 personnes auraient été victimes de crimes 
homophobes au Brésil, selon le Grupo Gay da Bahia (GGB). Une personne LGBT serait assassinée toutes les 36 heures. «L’homophobie, une ignorance sociale qui détruit les rêves, les espoirs, le futur, des vies innocentes. N’attendons pas la prochaine victime», dit en substance la vidéo. Attention, les images peuvent choquer. C’est sans doute le but, d’ailleurs

============================

O vídeo da campanha institucional anti-homofobia - que marcou a estreia do jornalista e ativista social Terry Marcos Dourado como cineasta, roteirista e diretor de obras audiovisuais - intitulado "Campanha Institucional da ACDHRio pela Criminalização da Homofobia no Brasil", foi disponibilizado na internet nas versões em português, inglês e espanhol. A ACDHRio (Associação por Cidadania e Direitos Humanos LGBT de Rio Verde/GO e Região) é uma organização não-governamental (ONG) fundada por Terry Marcos Dourado em 12 de março de 2010. Atualmente, a organização foi reformulada e tem novo nome, passando a chamar-se Instituto Conscientizar.

Terry Marcos Dourado, cineasta brasileiro.
Com imagens reais, às vezes chocantes, de vítimas fatais da homofobia e com informações estatísticas do Grupo Gay da Bahia (GGB), o filme experimental de Terry Marcos Dourado foi destaque em sites, blogues, redes sociais de vários Estados do Brasil e ainda de vários países mundo afora, a exemplo da França, Estados Unidos, Suíça e Canadá. 

Posteriormente, sites do Japão, África do Sul, Reino Unido (Inglaterra), Espanha e Portugal, entre outros países, também destacaram a importância social (merchandising social) da primeira obra audiovisual do cineasta brasileiro, mesmo que sem ter sido uma produção com grandes recursos tecnológicos e efeitos visuais marcantes. "Foi um trabalho tecnicamente simples, mas com conteúdo marcante, impactante e altamente reflexivo. E este foi o objetivo do trabalho naquele momento. E é este mesmo formato realista que quero imprimir no curta-metragem Instintos de Volúpia", ressaltou Terry Marcos Dourado, hoje presidente do Instituto Conscientizar, coprodutor institucional do curta em produção.


"Embasado pela minha experiência profissional de quase 23 anos como jornalista, valorizo muito a autenticidade da mensagem social passada por uma obra audiovisual realista. Quanto mais realista, melhor. E com o propósito de ser o mais realista possível, idealizei o projeto do curta-metragem "Instintos de Volúpia". Construí o roteiro do filme com todas as cenas baseadas em situações reais que tomei - e ainda tomo - conhecimento nestes anos de exercício da profissão de jornalista e nos 20 anos que dedico parte do meu tempo e da minha vida ao ativismo social em defesa da cidadania, dos direitos humanos e das diversidades humana e sexual", disse Terry Marcos Dourado.

Visitas